English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Aqui a introdução o desenvolvimento e a conclusão constroem VOCÊ!
Ela teimou e enfrentou o mundo ao som dos bandolins.

segunda-feira, abril 26, 2010

26.04.10 Nostalgia e nem tão nostalgia assim

Mais um vaqueles vídeos com lembranças da infancias das décadas que passaram. Esse  é o correspondente à minha amada década. Foi gentilmente indicado por uma grande amiga! .
(Se vc for assistir, abaixe o som, coloque outra música, um conselho.)

A respeito disso…

Se costuma dizer que as crianças estão menos inocentes, e que a infância está terminando mais rápido. Eu acho que não é bem assim.  Elas respondem ao que vêem. Simplesmente. São crianças tentando fazer coisas de adolescentes/adultos, sem levar na brincadeira. Afinal, elas não aprendem por imitação?

Você, sinceramente, acha que uma crianças de 10 anos tentando  subir uma escada cm saltos plataforma, óculos gigantescos que tomam todo o rosto, maquiada parecendo a caipora, está agindo como um adulto? Ela está tentando. Exatamente como muitos de nós fazíamos as vezes, na privacidade dos nossos lares. Isso não é infância perdida, e sim falta de bom senso dos pais, que deixam aqueles pobres baixinhos andarem por aí fantasiados.

E essa crianças pequenas que estão, bem, ficando por aí?
Joaquim Manuel de Macedo em 1800 e  bolinha, já dizia que, quando crianças brincam de esconde-esconde, um menino vai preferir se esconder com a guria mais feia do que com o mais belo de seus amiguinhos.
Isso também se aplicou na minha vida. Faz parte da inocência de qualquer criança, o interesse nos amiguinhos do sexo oposto. A questão é que elas, agindo na base da imitação, acham normal essa coisa de sair ficando com quem quer se desenvolvam  interesse. Entretanto, a babaquice infantil sempre está presente: 

  • “Fulaninho pediu pra eu vir falar com você, fica com ele hoje? ”
  • “ Se for pra ficar tem que ser na frente de td mundo!” 
  • “ Vocês viiiiiraaam? Deco pegou na bunda de Jú!”
  • “Eu ficaria com você e com Amanda, ela disse não, fica comigo?”

O mundo de fantasia das crianças não está sendo, hoje, substituído pelo mundo adulto. Esse mundo delas vai sempre existir.  Ele é adaptado tendo como padrão o mundo adulto da forma que os tampinhas enxergam, sempre foi. E deixa eu contar um segredinho : criança  não tem bom senso. Parece que as pessoas esqueceram disso. Elas continuam sendo crianças, poxa! Não têm maturidade nenhuma. A diferença apenas é : Há alguns muitos anos, as crianças não eram tão expostas a essas coisas bizarras e escancaradas que são lançadas aí.

Tudo beeeem, eu dançava Eo tcham! Mas eu não entendia nada da letra mesmo :p.

ps.: Essas coisinhas tem que ser disciplinadas antes que saiam do controle!!!

5 comentários:

Jamylle Carvalho disse...

Você tem toda razão. E a cada dia que se passar, a situação tende a piorar.
Um beijo :*

http://jamyllecarvalho.blogspot.com/

●๋• тнαi иαรciмєитσ disse...

Acho mesmo que você tenha razão. Se na nossa época imitávamos os adultos, as ciranças de hoje fazem a mesma coisa. Não foram elas que mudaram sozinhas: o mundo que as envolve mudou e elas traduzem isso, apenas.

Ps: eu também dançava é o tcham! rsrs

Umrae disse...

Eu não acho que as crianças estão ficando menos inocentes, eu acho que elas nunca foram! O que elas estão ficando é descontroladas, uma vez que antes os adultos as "podavam" um pouco mais quando elas tentavam ostentar coisas para os coleguinhas, juntar-se para atormentar as mais fracas, fazer coisas inadequadas, etc. As crianças não mudaram,. os adultos é que perderam toda a autoridade.

Bjo

Aléxsia disse...

A razão está com você. Eu andava pensando que as crianças estavam mesmo menos inocentes, mas estão tentando imitar os adultos, estão tentando amadurecer depressa e sinceramente eu não sei se isso é bom. Eu sinto falta de quando era criança, não precisava me preocupar com namorado, com gravidez, com tarefas a serem cumpridas, responsabilidade com hora e essas coisas :/

Beijos.

Ale Sbano disse...

Você me fez ver um lado da moeda que eu não via.
Eu achei que eles eram perdidos por eles mesmos,e me revoltava com isso,mas é claro que isso é devido a exposição a que se encontram...
Os pais que devem controlar isso não é mesmo?

Acho que você é mais Erudita do que pensa! =D

segunda-feira, abril 26, 2010

26.04.10 Nostalgia e nem tão nostalgia assim

Mais um vaqueles vídeos com lembranças da infancias das décadas que passaram. Esse  é o correspondente à minha amada década. Foi gentilmente indicado por uma grande amiga! .
(Se vc for assistir, abaixe o som, coloque outra música, um conselho.)

A respeito disso…

Se costuma dizer que as crianças estão menos inocentes, e que a infância está terminando mais rápido. Eu acho que não é bem assim.  Elas respondem ao que vêem. Simplesmente. São crianças tentando fazer coisas de adolescentes/adultos, sem levar na brincadeira. Afinal, elas não aprendem por imitação?

Você, sinceramente, acha que uma crianças de 10 anos tentando  subir uma escada cm saltos plataforma, óculos gigantescos que tomam todo o rosto, maquiada parecendo a caipora, está agindo como um adulto? Ela está tentando. Exatamente como muitos de nós fazíamos as vezes, na privacidade dos nossos lares. Isso não é infância perdida, e sim falta de bom senso dos pais, que deixam aqueles pobres baixinhos andarem por aí fantasiados.

E essa crianças pequenas que estão, bem, ficando por aí?
Joaquim Manuel de Macedo em 1800 e  bolinha, já dizia que, quando crianças brincam de esconde-esconde, um menino vai preferir se esconder com a guria mais feia do que com o mais belo de seus amiguinhos.
Isso também se aplicou na minha vida. Faz parte da inocência de qualquer criança, o interesse nos amiguinhos do sexo oposto. A questão é que elas, agindo na base da imitação, acham normal essa coisa de sair ficando com quem quer se desenvolvam  interesse. Entretanto, a babaquice infantil sempre está presente: 

  • “Fulaninho pediu pra eu vir falar com você, fica com ele hoje? ”
  • “ Se for pra ficar tem que ser na frente de td mundo!” 
  • “ Vocês viiiiiraaam? Deco pegou na bunda de Jú!”
  • “Eu ficaria com você e com Amanda, ela disse não, fica comigo?”

O mundo de fantasia das crianças não está sendo, hoje, substituído pelo mundo adulto. Esse mundo delas vai sempre existir.  Ele é adaptado tendo como padrão o mundo adulto da forma que os tampinhas enxergam, sempre foi. E deixa eu contar um segredinho : criança  não tem bom senso. Parece que as pessoas esqueceram disso. Elas continuam sendo crianças, poxa! Não têm maturidade nenhuma. A diferença apenas é : Há alguns muitos anos, as crianças não eram tão expostas a essas coisas bizarras e escancaradas que são lançadas aí.

Tudo beeeem, eu dançava Eo tcham! Mas eu não entendia nada da letra mesmo :p.

ps.: Essas coisinhas tem que ser disciplinadas antes que saiam do controle!!!

5 comentários:

Jamylle Carvalho disse...

Você tem toda razão. E a cada dia que se passar, a situação tende a piorar.
Um beijo :*

http://jamyllecarvalho.blogspot.com/

●๋• тнαi иαรciмєитσ disse...

Acho mesmo que você tenha razão. Se na nossa época imitávamos os adultos, as ciranças de hoje fazem a mesma coisa. Não foram elas que mudaram sozinhas: o mundo que as envolve mudou e elas traduzem isso, apenas.

Ps: eu também dançava é o tcham! rsrs

Umrae disse...

Eu não acho que as crianças estão ficando menos inocentes, eu acho que elas nunca foram! O que elas estão ficando é descontroladas, uma vez que antes os adultos as "podavam" um pouco mais quando elas tentavam ostentar coisas para os coleguinhas, juntar-se para atormentar as mais fracas, fazer coisas inadequadas, etc. As crianças não mudaram,. os adultos é que perderam toda a autoridade.

Bjo

Aléxsia disse...

A razão está com você. Eu andava pensando que as crianças estavam mesmo menos inocentes, mas estão tentando imitar os adultos, estão tentando amadurecer depressa e sinceramente eu não sei se isso é bom. Eu sinto falta de quando era criança, não precisava me preocupar com namorado, com gravidez, com tarefas a serem cumpridas, responsabilidade com hora e essas coisas :/

Beijos.

Ale Sbano disse...

Você me fez ver um lado da moeda que eu não via.
Eu achei que eles eram perdidos por eles mesmos,e me revoltava com isso,mas é claro que isso é devido a exposição a que se encontram...
Os pais que devem controlar isso não é mesmo?

Acho que você é mais Erudita do que pensa! =D