English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Aqui a introdução o desenvolvimento e a conclusão constroem VOCÊ!
Ela teimou e enfrentou o mundo ao som dos bandolins.

quinta-feira, dezembro 30, 2010

Pedacinho

Sentei aqui sem saber o que escrever...Mas com vontade, eu acho.
Eu volto para Salvador segunda, ou terça-feira já...Eu nem me queimei direito, ou passeei direito ou conversei com meus avós ou primos direito. Mas eu sempre acho isso, considerando que passo aqui 15 dias em média, por ano. Ou dependendo da condição financeira da família nuclear, a cada dois anos. Eu sempre volto no carro, (na já citada viagem de dois dias) tão suspirando, sonhando acordada, como se eu tivesse me despedindo de um amante ou sei lá. É esse o tipo de saudade que eu sinto. Eu adoro vir para cá, mas voltar é tão difícil, por mais que eu ame Salvador, e as pessoas que moram lá hehe. 
Ah, vou aqui perder no War.

3 comentários:

Kamilla Barcelos disse...

Não adianta, tem momentos que a gente passa que a gente quer que dure mais. Mas, vai saber se esses momentos só são legais porque tem tempo para terminar?!

●๋• тнαi иαรciмєитσ disse...

Acredite, você está melhor que eu. Minhas férias até agora não teve despedidas nem suspiros no carro simplesmente porque não viajei pra lugar nenhum, rs.


Faz parte, não?

Abraços!

keka disse...

é assim mesmo.Eu tbm sinto muita falta de Ilhéus apesar de gostar de Salvador...
dos meus amigos, familiares enfim de muitas pessoas.
Mas é a vida, vamos ser feliz com o que pode, não é mesmo?!
=D
te adoro

beijoss

quinta-feira, dezembro 30, 2010

Pedacinho

Sentei aqui sem saber o que escrever...Mas com vontade, eu acho.
Eu volto para Salvador segunda, ou terça-feira já...Eu nem me queimei direito, ou passeei direito ou conversei com meus avós ou primos direito. Mas eu sempre acho isso, considerando que passo aqui 15 dias em média, por ano. Ou dependendo da condição financeira da família nuclear, a cada dois anos. Eu sempre volto no carro, (na já citada viagem de dois dias) tão suspirando, sonhando acordada, como se eu tivesse me despedindo de um amante ou sei lá. É esse o tipo de saudade que eu sinto. Eu adoro vir para cá, mas voltar é tão difícil, por mais que eu ame Salvador, e as pessoas que moram lá hehe. 
Ah, vou aqui perder no War.

3 comentários:

Kamilla Barcelos disse...

Não adianta, tem momentos que a gente passa que a gente quer que dure mais. Mas, vai saber se esses momentos só são legais porque tem tempo para terminar?!

●๋• тнαi иαรciмєитσ disse...

Acredite, você está melhor que eu. Minhas férias até agora não teve despedidas nem suspiros no carro simplesmente porque não viajei pra lugar nenhum, rs.


Faz parte, não?

Abraços!

keka disse...

é assim mesmo.Eu tbm sinto muita falta de Ilhéus apesar de gostar de Salvador...
dos meus amigos, familiares enfim de muitas pessoas.
Mas é a vida, vamos ser feliz com o que pode, não é mesmo?!
=D
te adoro

beijoss